Ansiotina 30 cápsulas

Ansiotina 30 cápsulas

15.95 com IVA

Na modulação de estados depressivos

Suplemento Alimentar cujos componentes visam modular os estados depressivos.

  • Contribui para o normal funcionamento do sistema nervoso
  • Para uma normal função psicológica
  • Promove um desempenho mental normal

Em stock

Descrição

A depressão é caracterizada por uma tristeza severa ou persistente o suficiente para interferir com o quotidiano e para diminuir o interesse ou prazer nas actividades, em que não há resolução dos sentimentos negativos. A classificação é feita segundo o Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, Fourth Edition Text Revision (DSM-IV-TR) em sintomas específicos: 

• Depressão maior 
• Distimia 
• Distúrbio depressivo não especificado 

Os distúrbios depressivos ocorrem em qualquer idade, mas geralmente desenvolvem-se durante a adolescência, e nos 20 ou 30 anos. 

Em termos fisiológicos, pensa-se que as causas estejam relacionadas com alterações nos níveis de neurotransmissores, incluindo problemas na regulação da neuro transmissão colinérgica, catecolaminérgica (noradrenérgica ou dopaminérgica) e serotoninérgica. Além disso, há influência de: factores hereditários e psicossociais (stress na vida, em especial separações e perdas); indivíduos que já tenham tido um episódio de depressão estão em maior risco; o género feminino (alterações endócrinas devido à menstruação e menopausa) e o padrão sazonal (durante o outono e inverno). 

A depressão causa distúrbios cognitivos e psicomotores, bem como fraca concentração, fadiga, perda de desejo sexual, perda de prazer, humor depressivo, podendo haver simultaneamente casos de ansiedade e ataques de pânico. Estes doentes têm mais tendência para abusar do álcool e das substâncias recreativas como forma de aliviar os sintomas de ansiedade. A depressão também faz reduzir as respostas imunitárias protectoras e aumenta o risco de problemas cardiovasculares. 
NEUROTRANSMISSOR Serotonina, este neurotransmissor é um dos mais importantes e com mais funções diferentes. Possui forte efeito no humor, memória, alimentação, desejo sexual e sono reparador. A falta desse neurotransmissor é a causa de transtornos depressivos, alimentares, sexuais e do sono. Para sua boa produção é importante uma boa rotina de 6 a 8h de sono, exercícios regulares e o consumo de triptofano. O triptofano é um aminoácido essencial utilizado pelo cérebro, juntamente com a Niacina.

NEUROTRANSMISSOR Dopamina. A dopamina (DA) é um neurotransmissor envolvido no controle de movimento e sensação de bem-estar. Os neurônios dopaminérgicos podem ser divididos em três subgrupos com diferentes funções:
– O primeiro grupo regula os movimentos: uma deficiência de dopamina neste sistema provoca a doença de Parkinson, caracterizada por tremuras, inflexibilidade, e outras desordens motoras, e em fases avançadas pode verificar-se demência.
– O segundo grupo funciona na regulação do comportamento emocional.
– O terceiro grupo está envolvido em várias funções cognitivas, memória, planeamento de comportamento e pensamento abstracto, assim como em aspetos emocionais, especialmente relacionados com o stresse.

Um estimulante ou psicoestimulante em geral aumenta os níveis de actividades motoras e cognitivas, reforça a vigília, o estado de alerta e a atenção. Seu efeito é considerado como semelhante à adrenalina (hormônio que prepara o organismo para grandes esforços físicos).
Um Calmante tem como objetivo produzir sonolência e estimular o início e a manutenção de um estado de sono que se assemelhe o mais possível ao estado do sono natural, diminui o nível de actividade no cérebro, deixando o organismo mais lento.
Um Anti-Depressivo tem como objetivo reparar as funções cerebrais e criar estímulos para se continuar em sociedade, sem provocar ansiedade. Uma composição com as percentagens exactas e eficazes de cada ingrediente, que quando combinadas entre si, resulta num suplemento de excelência e seguro para o consumidor.

COMPOSIÇÃO
Paullinia cupana, Guaraná – 100mg
Griffonia simplicifolia – extr. Padronizado – 100mg
(5-HTP) – 25mg
Extracto seco de Hypericum perforatum, Hipericão – 50mg
(Hipericina) – 0,15mg
L-Glicina – 25mg
L-Glutamina – 25mg
L-Tirosina – 25mg
Colina – 25mg
Glycina max, Lecitina de soja – 25mg
Eleutherococcus senticosus,
Ginseng Siberiano – Extr. Padronizado – 20mg
(Eleuterosidos) – 0,16mg
Vitamina PP – Niacina – 16mg (100% D.D.R.*)
(Nicotinamida)
Ácido Alfa-Lipoico – 12,5mg
Ginkgo biloba – Extr. Seco – 10mg
(Ginkgoflavonoies) – 2,4mg
Vitamina B5 – Ácido Pantoténico (D-pantotenato de cálcio) – 6mg (100% D.D.R.*)
Vitamina B6 (Cloridrato de Piridoxina) – 1,4mg (100% D.D.R.*)
Ácido Fólico (Ácido Pteroilmonoglutâmico) – 200ug (100% D.D.R.*)

*D.D.R. – Dose Diária Recomendada

Ingredientes de Ansiotina:
– Griffonia simplicifolia é um arbusto nativo da África Central e África Ocidental. As sementes da planta são usadas como suplemento, pois possuem rica quantidade de 5-hidroxitriptofano. 5-hidroxitriptofano ou 5-HTP é um aminoácido natural, que tem acção semelhante ao triptofano, que é um precursor do neurotransmissor serotonina, proporcionando sensação de bem-estar.
– O 5-HTP é convertido no cérebro em forma de Serotonina. A Serotonina envia mensagens ao cérebro para ajudar a combater a depressão
– Diminuir a percepção do sofrimento aumentando o limiar de tolerância da dor (no caso de enxaqueca crônica)
– Controlar o apetite aumentando a satisfação

Hipericão, actualmente é largamente testada na actividade antidepressiva.
O Hipericão ou Erva-de-são-joão (Hypericum perforatum), em alguns países da Europa, como na Alemanha, é mais prescrita contra a depressão clínica leve ou moderada mais do que a fluoxetina (antidepressivo químico mais usado mundialmente).
O Hipericão contém como Princípio Activo a HIPERICINA (a substância que exerce efeito farmacológico). Os antigos alegavam que as propriedades mágicas do Hypericum perforatum eram, em parte, devidas ao pigmento vermelho fluorescente, um flavonóide denominado hipericina que escoa como sangue das flores esmagadas. A Hipericina ajuda a aumentar os níveis do neurotransmissor Dopamina.

Neurotransmissor Acetilcolina. O Neurotransmissor Acetilcolina, é o principal responsável pela memória, raciocínio, atenção, aprendizagem, comunicação.

Colina:
É uma das poucas substâncias capazes de penetrar na barreira sanguínea do cérebro, cuja função é protegê-lo. Actuando diretamente nas células cerebrais como elemento constituinte de um neurotransmissor (acetilcolina) importante para a memória. Atenua os problemas da perda da memória na velhice. Produz feito calmante.

Lecitina de Soja:
Pesquisas científicas têm demonstrado que a lecitina pode melhorar a memória, especialmente a perda moderada de memória associada com o envelhecimento. A lecitina pode incrementar a memória em adultos normais, especialmente os indivíduos com função relativamente fraca de memória. A lecitina pode ajudar a reduzir os “momentos de perda temporária de memória”.

Ginkgo biloba (extracto seco padronizado a 24% de ginkgo flavonoies)
Combate a oxigenação cerebral.

Ácido Alfa-Lipoico:
É um antioxidante extremamente poderoso que é capaz de actuar sobre tecido adiposo, como o cérebro, onde neutraliza os efeitos dos radicais livres. Ajuda a prevenir os danos mentais aquando o envelhecimento:
– Ajuda tanto na memória como nos níveis de energia.
– Ajuda as células e produzir energia e a regenerarem-se.

Guaraná (Sementes):
É na semente que se encontra os efeitos estimulantes, energéticos e revigorantes.
Ginseng Siberiano (Extracto padronizado a 0,8% de eleuterosidos)
Os eleuterosidos exercem uma grande quantidade de actividades no organismo, a mais importante das quais é a propriedade de aumentar a resistência ao stresse: estimula o sistema nervoso central, aumenta o rendimento físico e intelectual, aumenta a resistência às doenças e reduz a frequência de doenças derivadas de esgotamento físico e cerebral.

L-Glicina: Presta um contributo apreciável no tratamento do défice da função pituitária (glândula pituitária – coordena o funcionamento das demais glândulas).
L-Glutamina: Melhora a inteligência, alivia o cansaço e a depressão.
L-Tirosina: Desempenha um papel importante na produção do neurotransmissor dopamina.

Ácido Fólico: É necessária para a utilização dos aminoácidos.
Vitamina PP – Niacina: A falta desta vitamina provoca alterações de personalidade visto reduzir a tirosina. É necessária para a saúde do cérebro e do sistema nervoso.
Vitamina B5: Previne a fadiga.
Vitamina B6: É essencial para a absorção adequada da Vitamina B12. É indispensável para a produção do magnésio.

MODO DE TOMAR
Tomar 1 cápsula ao dia, de preferência pela manhã.

PRECAUÇÕES
Não utilizar em caso de gravidez e lactação. 

Devido à presença de 5-HTP, não associar com medicamentos antidepressivos, com a carbidopa, com o dextrometorfano, meperidina, pentazocina e tramadol. Regra geral, poderá aumentar os efeitos secundários de medicamentos que aumentem os níveis de serotonina.

OUTROS

Os suplementos alimentares não devem ser utilizados como substitutos de um regime alimentar variado e equilibrado, bem como de um modo de vida saudável. Não deverá exceder a toma diária recomendada. Conservar em local seco, fresco e ao abrigo da luz.  Não tomar em caso de hipersensibilidade a um dos seus componentes. Manter fora do alcance das crianças.

Brand

PhytoGold

Informação adicional

Peso 0.05 kg

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Ansiotina 30 cápsulas”

Também pode gostar…